Receba nosso informativo:

ARTIGOS

O HOMEM MODERNO PRECISA DE MAIS ENERGIA

Instrutor: Anderson Allegro Anandamaya

O homem moderno está carente de prana - a bioenergia que nos move e anima. Ele gasta muito prana e não sabe como repor. Por isso, dezenas de sintomas vão se manifestando pouco a pouco: falta de concentração, raciocínio confuso, irritabilidade, falta de ânimo para estar com a família e amigos, cansaço, insônia, depressão, doenças físicas e mentais etc. Suas decisões são incertas e costumam levar a erros. Uma pessoa com pouca energia se sente sozinha e sua vida parece sem um Norte, sem sentido. Assim, ela vive empurrando com a barriga como um zumbi.
Mas existem momentos em que todos nós nos sentimos transbordando de energia, felizes, entusiasmados, queremos estar com os outros e compartilhar nossa alegria. Esse estado tão positivo acaba permeando todas as áreas da vida. O trabalho se torna estimulante, a convivência com todos é harmônica e nos sentimos amados e apoiados. Assim deveríamos nos sentir o tempo todo. O Yoga, com todas as suas técnicas, nos ajuda a manter esse estado interior. Ele foi desenhado com esse fim!
Entre as várias técnicas o Ajapa Japa é incrivelmente poderoso. Primeiro, por sua simplicidade. Todos que já tentaram meditar sabem das dificuldades que enfrentamos no começo. Manter a atenção nos objeto de meditação não é fácil Então, o Ajapa Japa nos diz para trazer a atenção para aquilo que já está à mão: o corpo e a respiração. Observamos a respiração e o caminho que ela faz pelo corpo. Depois, exploramos o som natural que o ar produz ao passar pelas narinas, traqueia e pulmões. Em pouco tempo, a mente se concentra e sentimos uma infusão de prana, de energia em nosso corpo e mente.
Com essa energia extra, o corpo funciona melhor e se torna saudável, a mente se aquieta e os pensamentos nocivos ou viciados vão perdendo força até desaparecerem. A depressão dá lugar à alegria de viver e sentimos que somos capazes de fazer escolhas sensatas e conduzir nossa vida por caminhos melhores. E tudo que precisamos é nos dedicar alguns minutos por dia a essa prática.

Instrutor: Anderson Allegro Anandamaya